E.E. ANDRE DONATONI

DIRETORIA DE ENSINO – REGIÃO DE SÃO CARLOS

 E.E. ANDRE DONATONI

Comunicado Edital 01/2018

Credenciamento – Escola de Tempo Integral/2019

A Direção da E.E. André Donatoni – Diretoria de Ensino – Região de São Carlos divulga o período em que os docentes/candidatos deverão realizar inscrição para o processo seletivo para atuar nos seguintes componentes curriculares da Escola de Tempo Integral, nos termos da Resolução SE 60 de 06-12-2017:

Anos Finais do Ensino Fundamental: Cultura do Movimento, Orientação de Estudos, Tecnologia e Sociedade e Projeto de Vida.

Poderão se candidatar docentes (Categorias A, P, N, F, O e candidatos à contratação) habilitados, devidamente inscritos e classificados para o processo regular de atribuição de classes e aulas/2019, na seguinte conformidade:

1) Docentes Titulares de Cargo para atribuição a título de carga suplementar de trabalho.

2) Docentes Ocupantes de Função Atividade e Contratados para atribuição a título de carga horária.

Os interessados deverão estar inscritos no processo de atribuição de aulas/2019, inclusive para projetos da pasta, e poderão se credenciar no período de 13 a 17-12-2018, no horário das 8 horas às 16 horas, diretamente na E.E. André Donatoni.

Data da entrevista: será agendada entrevista individual com o candidato, que versará sobre sua proposta de trabalho, com os seguintes critérios de avaliação: clareza na exposição; uso dos recursos da norma culta da linguagem e postura profissional.

DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA:

O interessado deverá apresentar a documentação abaixo relacionada em envelope devidamente identificado com nome, RG e relação dos seguintes documentos:

1)  Requerimento dirigido ao Diretor da Escola solicitando o credenciamento.

 

2) Diploma de Licenciatura Plena ou Certificado de conclusão de curso, acompanhado do respectivo Histórico Escolar (original e cópia) relativo ao Componente Curricular da Parte Diversificada em que pretende atuar, exceto cursos de Educação Física e Pedagogia que somente poderão comprovar a conclusão mediante a apresentação de Diploma.

 

3)  Comprovante de inscrição para o processo de atribuição de aulas de 2019 junto à Diretoria de Ensino Região de São Carlos, onde conste sua categoria funcional e sua opção para atuar em projetos (impresso do sistema GDAE).

 

4)  Curriculum Vitae devidamente documentado onde conste: identificação do candidato, formação acadêmica, função atual, experiência profissional na área da Educação, conhecimento de informática, aptidões e competências pessoais adquiridas ao longo da vida e carreira e necessários ao desempenho da função de docente da oficinas curriculares, ações de capacitação vivenciadas e/ou experiências anteriores bem sucedidas (anexar certificados), bem como outras informações que considere relevantes para ocupar a função pretendida.

 

5) Os docentes que já atuam no Projeto Escola de Tempo Integral na ministração de aulas de componentes curriculares da Parte Diversificada apresentarão apenas os documentos indicados nos itens 1 e 3.

 

HABILITAÇÕES DOS DOCENTES:

Na atribuição das aulas dos componentes curriculares da Escola de Tempo Integral, elencados acima, serão observadas as seguintes habilitações/qualificações docentes:

I – Cultura do Movimento: diploma de Licenciatura Plena em Educação Física.

II – Orientação de Estudos: preferencialmente, diploma de Licenciatura Plena em Pedagogia, ou Licenciatura Plena em disciplinas da Área de Ciências da Natureza, ou Licenciatura Plena em disciplinas da Área de Ciências Humanas, ou Licenciatura Plena em disciplinas da Área de Linguagens e Códigos.

III – Tecnologia e Sociedade: diploma de Licenciatura Plena em disciplinas da Área de Ciências da Natureza, ou diploma de Licenciatura Plena em disciplinas da Área de Ciências Humanas, de acordo com a proposta pedagógica da unidade escolar, ou, ainda, aluno do último ano de quaisquer dos cursos das referidas licenciaturas.

IV – Projeto de Vida: diploma de Licenciatura Plena em Pedagogia e/ou de qualquer disciplina da Base Nacional Comum.

SELEÇÃO

A equipe gestora assistida pelo respectivo Supervisor de Ensino realizará a seleção observando a seguinte ordem de prioridade:

  1. a) docentes titulares de cargo, para carga suplementar;
  2. b) docentes adidos, para composição da jornada de trabalho e/ou de carga suplementar, sem descaracterizar a condição de adido;
  3. c) docentes ocupantes de função-atividade que se encontrem com horas de permanência, para composição de carga horária;
  4. d) demais docentes ocupantes de função-atividade;
  5. e) a docentes contratados, nos termos da Lei Complementar 1.093/2009, para composição de carga horária.

Observadas as habilitações/qualificações docentes especificadas acima, constituem-se componentes do processo seletivo:

1 – apresentação do currículo do candidato, avaliando-se as ações de formação realizadas, o histórico das experiências vivenciadas e as práticas educacionais bem sucedidas;

2 – entrevista individual realizada.

O processo seletivo observará os seguintes critérios:

1 – análise e avaliação do currículo do candidato e da entrevista realizada;

2 – nível de atendimento ao perfil exigido pelas características e especificidades dos componentes curriculares objetos da docência;

3 – vivência das metodologias de trabalho realizado voltadas à ação-reflexão-ação, à solidariedade, ao desenvolvimento da autoestima do educando e à troca de experiências;

4 – disponibilidade para o desenvolvimento de trabalho em equipe, de forma colaborativa e demonstre interesse em:

4.1 – participar de programas de formação continuada, inclusive via educação à distância, oferecida pela Secretaria da Educação e por entidades conveniadas;

4.2 – utilizar e criar novos métodos didático-pedagógicos, por meio da Tecnologia Digital de Comunicação e Informação – TDCI.

CLASSIFICAÇÃO

Os interessados serão classificados na ordem inversa do total de pontos obtidos através da soma: Avaliação do Currículo (0 – 50 pontos) + Entrevista (0 – 50 pontos). Os candidatos poderão atingir o máximo de 100 pontos.

ATRIBUIÇÃO

As atribuições das aulas dos componentes curriculares acontecerão na Unidade Escolar em cronograma a ser divulgado oportunamente, respeitando os dispositivos legais da Resolução SE 71/2018 e Portaria Conjunta CGRH/CGEB/EFAP de 07/12/2018, publicada em 08/12/2018

DISPOSIÇÕES FINAIS

1) O candidato que deixar de comprovar alguma das exigências do presente edital terá sua inscrição indeferida.

2) No decorrer do ano letivo, o docente que por qualquer motivo, deixar de corresponder às expectativas do desenvolvimento das atividades dos componentes curriculares da parte diversificada, cujas aulas lhe tenham sido atribuídas, perderá essas aulas, a qualquer tempo, por decisão da equipe gestora da unidade escolar, ouvido o Supervisor de Ensino da unidade e assegurado ao docente o direito de defesa.

3) Para o professor, ao qual se tenham atribuído aulas de componente curricular que comporte substituição docente, por qualquer período, são assegurados os mesmos benefícios e vantagens a que fazem jus os seus pares docentes que atuam nas escolas regulares de regime parcial, observadas as normas legais pertinentes, excetuada a possibilidade de afastamento das referidas aulas para exercer qualquer outro tipo de atividade ou prestação de serviços.

4) O ato de inscrição implicará na aceitação, por parte do candidato, de todas as disposições do presente edital.

5) Os casos omissos ao disposto no presente edital serão analisados pela equipe gestora da escola, assistida pelo supervisor de ensino.

6) Novas orientações publicadas pelos órgãos centrais da SEE poderão determinar alterações no presente edital.

 E.E. Profa. Elydia Benetti

DIRETORIA DE ENSINO – REGIÃO DE SÃO CARLOS

 E.E. Profa. Elydia Benetti

Comunicado Edital 01/2018

Credenciamento – Escola de Tempo Integral/2019

A Direção da E.E. Profa. Elydia Benetti – Diretoria de Ensino – Região de São Carlos divulga o período em que os docentes/candidatos deverão realizar inscrição para o processo seletivo para atuar nos seguintes componentes curriculares da Escola de Tempo Integral, nos termos da Resolução SE 60 de 06-12-2017:

Anos Iniciais do Ensino Fundamental: Cultura do Movimento, Orientação de Estudos, Linguagens Artísticas e Educação Sócioemocional.

Poderão se candidatar docentes (Categorias A, P, N, F, O e candidatos à contratação) habilitados, devidamente inscritos e classificados para o processo regular de atribuição de classes e aulas/2019, na seguinte conformidade:

1) Docentes Titulares de Cargo para atribuição a título de carga suplementar de trabalho.

2) Docentes Ocupantes de Função Atividade e Contratados para atribuição a título de carga horária.

Os interessados deverão estar inscritos no processo de atribuição de aulas/2019, inclusive para projetos da pasta, e poderão se credenciar no período de 17 a 19-12-2018, no horário das 8 horas às 16 horas, diretamente na E.E. Profa. Elydia Benetti.

Data da entrevista: será agendada entrevista individual com o candidato, que versará sobre sua proposta de trabalho, com os seguintes critérios de avaliação: clareza na exposição; uso dos recursos da norma culta da linguagem e postura profissional.

DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA:

O interessado deverá apresentar a documentação abaixo relacionada em envelope devidamente identificado com nome, RG e relação dos seguintes documentos:

1)  Requerimento dirigido ao Diretor da Escola solicitando o credenciamento.

 

2) Diploma de Licenciatura Plena ou Certificado de conclusão de curso, acompanhado do respectivo Histórico Escolar (original e cópia) relativo ao Componente Curricular da Parte Diversificada em que pretende atuar, exceto cursos de Educação Física e Pedagogia que somente poderão comprovar a conclusão mediante a apresentação de Diploma.

 

3)  Comprovante de inscrição para o processo de atribuição de aulas de 2019 junto à Diretoria de Ensino Região de São Carlos, onde conste sua categoria funcional e sua opção para atuar em projetos (impresso do sistema GDAE).

 

4)  Curriculum Vitae devidamente documentado onde conste: identificação do candidato, formação acadêmica, função atual, experiência profissional na área da Educação, conhecimento de informática, aptidões e competências pessoais adquiridas ao longo da vida e carreira e necessários ao desempenho da função de docente da oficinas curriculares, ações de capacitação vivenciadas e/ou experiências anteriores bem sucedidas (anexar certificados), bem como outras informações que considere relevantes para ocupar a função pretendida.

 

5) Os docentes que já atuam no Projeto Escola de Tempo Integral na ministração de aulas de componentes curriculares da Parte Diversificada apresentarão apenas os documentos indicados nos itens 1 e 3.

 

HABILITAÇÕES DOS DOCENTES:

Na atribuição das aulas dos componentes curriculares da Escola de Tempo Integral, elencados acima, serão observadas as seguintes habilitações/qualificações docentes:

I – Cultura do Movimento: diploma de Licenciatura Plena em Educação Física;

II – Orientação de Estudos: preferencialmente, diploma de Licenciatura Plena em Pedagogia, ou Licenciatura Plena em disciplinas da Área de Ciências da Natureza, ou Licenciatura Plena em disciplinas da Área de Ciências Humanas, ou Licenciatura Plena em disciplinas da Área de Linguagens e Códigos;

III – Linguagens Artísticas: diploma de Licenciatura Plena em Educação Artística, ou de Licenciatura Plena em Arte, em quaisquer das linguagens: Artes Visuais, Artes Plásticas, Design, Música, Teatro, Artes Cênicas e Dança, ou, Licenciatura Plena em Educação Musical.

IV – Educação Socioemocional: diploma de Licenciatura Plena em Pedagogia e, na indisponibilidade Licenciatura Plena de qualquer disciplina da Base Nacional Comum com especialização na área de Psicologia.

SELEÇÃO

A equipe gestora assistida pelo respectivo Supervisor de Ensino realizará a seleção observando a seguinte ordem de prioridade:

  1. a) docentes titulares de cargo, para carga suplementar;
  2. b) docentes adidos, para composição da jornada de trabalho e/ou de carga suplementar, sem descaracterizar a condição de adido;
  3. c) docentes ocupantes de função-atividade que se encontrem com horas de permanência, para composição de carga horária;
  4. d) demais docentes ocupantes de função-atividade;
  5. e) a docentes contratados, nos termos da Lei Complementar 1.093/2009, para composição de carga horária.

Observadas as habilitações/qualificações docentes especificadas acima, constituem-se componentes do processo seletivo:

1 – apresentação do currículo do candidato, avaliando-se as ações de formação realizadas, o histórico das experiências vivenciadas e as práticas educacionais bem sucedidas;

2 – entrevista individual realizada.

O processo seletivo observará os seguintes critérios:

1 – análise e avaliação do currículo do candidato e da entrevista realizada;

2 – nível de atendimento ao perfil exigido pelas características e especificidades dos componentes curriculares objetos da docência;

3 – vivência das metodologias de trabalho realizado voltadas à ação-reflexão-ação, à solidariedade, ao desenvolvimento da autoestima do educando e à troca de experiências;

4 – disponibilidade para o desenvolvimento de trabalho em equipe, de forma colaborativa e demonstre interesse em:

4.1 – participar de programas de formação continuada, inclusive via educação à distância, oferecida pela Secretaria da Educação e por entidades conveniadas;

4.2 – utilizar e criar novos métodos didático-pedagógicos, por meio da Tecnologia Digital de Comunicação e Informação – TDCI.

CLASSIFICAÇÃO

Os interessados serão classificados na ordem inversa do total de pontos obtidos através da soma: Avaliação do Currículo (0 – 50 pontos) + Entrevista (0 – 50 pontos). Os candidatos poderão atingir o máximo de 100 pontos.

ATRIBUIÇÃO

As atribuições das aulas dos componentes curriculares acontecerão na Unidade Escolar em cronograma a ser divulgado oportunamente, respeitando os dispositivos legais da Resolução SE 71/2018 e Portaria Conjunta CGRH/CGEB/EFAP de 07/12/2018, publicada em 08/12/2018.

DISPOSIÇÕES FINAIS

1) O candidato que deixar de comprovar alguma das exigências do presente edital terá sua inscrição indeferida.

2) No decorrer do ano letivo, o docente que por qualquer motivo, deixar de corresponder às expectativas do desenvolvimento das atividades dos componentes curriculares da parte diversificada, cujas aulas lhe tenham sido atribuídas, perderá essas aulas, a qualquer tempo, por decisão da equipe gestora da unidade escolar, ouvido o Supervisor de Ensino da unidade e assegurado ao docente o direito de defesa.

3) Para o professor, ao qual se tenham atribuído aulas de componente curricular que comporte substituição docente, por qualquer período, são assegurados os mesmos benefícios e vantagens a que fazem jus os seus pares docentes que atuam nas escolas regulares de regime parcial, observadas as normas legais pertinentes, excetuada a possibilidade de afastamento das referidas aulas para exercer qualquer outro tipo de atividade ou prestação de serviços.

4) O ato de inscrição implicará na aceitação, por parte do candidato, de todas as disposições do presente edital.

5) Os casos omissos ao disposto no presente edital serão analisados pela equipe gestora da escola, assistida pelo supervisor de ensino.

6) Novas orientações publicadas pelos órgãos centrais da SEE poderão determinar alterações no presente edital.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Credenciamento – Escola de Tempo Integral/2019  E.E. ANDRE DONATONI

 

 

DIRETORIA DE ENSINO – REGIÃO DE SÃO CARLOS

 E.E. ANDRE DONATONI

Comunicado Edital 01/2018

Credenciamento – Escola de Tempo Integral/2019

A Direção da E.E. André Donatoni – Diretoria de Ensino – Região de São Carlos divulga o período em que os docentes/candidatos deverão realizar inscrição para o processo seletivo para atuar nos seguintes componentes curriculares da Escola de Tempo Integral, nos termos da Resolução SE 60 de 06-12-2017:

Anos Finais do Ensino Fundamental: Cultura do Movimento, Orientação de Estudos, Tecnologia e Sociedade e Projeto de Vida.

Poderão se candidatar docentes (Categorias A, P, N, F, O e candidatos à contratação) habilitados, devidamente inscritos e classificados para o processo regular de atribuição de classes e aulas/2019, na seguinte conformidade:

1) Docentes Titulares de Cargo para atribuição a título de carga suplementar de trabalho.

2) Docentes Ocupantes de Função Atividade e Contratados para atribuição a título de carga horária.

Os interessados deverão estar inscritos no processo de atribuição de aulas/2019, inclusive para projetos da pasta, e poderão se credenciar no período de 13 a 17-12-2018, no horário das 8 horas às 16 horas, diretamente na E.E. André Donatoni.

Data da entrevista: será agendada entrevista individual com o candidato, que versará sobre sua proposta de trabalho, com os seguintes critérios de avaliação: clareza na exposição; uso dos recursos da norma culta da linguagem e postura profissional.

DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA:

O interessado deverá apresentar a documentação abaixo relacionada em envelope devidamente identificado com nome, RG e relação dos seguintes documentos:

1)  Requerimento dirigido ao Diretor da Escola solicitando o credenciamento.

 

2) Diploma de Licenciatura Plena ou Certificado de conclusão de curso, acompanhado do respectivo Histórico Escolar (original e cópia) relativo ao Componente Curricular da Parte Diversificada em que pretende atuar, exceto cursos de Educação Física e Pedagogia que somente poderão comprovar a conclusão mediante a apresentação de Diploma.

 

3)  Comprovante de inscrição para o processo de atribuição de aulas de 2019 junto à Diretoria de Ensino Região de São Carlos, onde conste sua categoria funcional e sua opção para atuar em projetos (impresso do sistema GDAE).

 

4)  Curriculum Vitae devidamente documentado onde conste: identificação do candidato, formação acadêmica, função atual, experiência profissional na área da Educação, conhecimento de informática, aptidões e competências pessoais adquiridas ao longo da vida e carreira e necessários ao desempenho da função de docente da oficinas curriculares, ações de capacitação vivenciadas e/ou experiências anteriores bem sucedidas (anexar certificados), bem como outras informações que considere relevantes para ocupar a função pretendida.

 

5) Os docentes que já atuam no Projeto Escola de Tempo Integral na ministração de aulas de componentes curriculares da Parte Diversificada apresentarão apenas os documentos indicados nos itens 1 e 3.

 

HABILITAÇÕES DOS DOCENTES:

Na atribuição das aulas dos componentes curriculares da Escola de Tempo Integral, elencados acima, serão observadas as seguintes habilitações/qualificações docentes:

I – Cultura do Movimento: diploma de Licenciatura Plena em Educação Física.

II – Orientação de Estudos: preferencialmente, diploma de Licenciatura Plena em Pedagogia, ou Licenciatura Plena em disciplinas da Área de Ciências da Natureza, ou Licenciatura Plena em disciplinas da Área de Ciências Humanas, ou Licenciatura Plena em disciplinas da Área de Linguagens e Códigos.

III – Tecnologia e Sociedade: diploma de Licenciatura Plena em disciplinas da Área de Ciências da Natureza, ou diploma de Licenciatura Plena em disciplinas da Área de Ciências Humanas, de acordo com a proposta pedagógica da unidade escolar, ou, ainda, aluno do último ano de quaisquer dos cursos das referidas licenciaturas.

IV – Projeto de Vida: diploma de Licenciatura Plena em Pedagogia e/ou de qualquer disciplina da Base Nacional Comum.

SELEÇÃO

A equipe gestora assistida pelo respectivo Supervisor de Ensino realizará a seleção observando a seguinte ordem de prioridade:

  1. a) docentes titulares de cargo, para carga suplementar;
  2. b) docentes adidos, para composição da jornada de trabalho e/ou de carga suplementar, sem descaracterizar a condição de adido;
  3. c) docentes ocupantes de função-atividade que se encontrem com horas de permanência, para composição de carga horária;
  4. d) demais docentes ocupantes de função-atividade;
  5. e) a docentes contratados, nos termos da Lei Complementar 1.093/2009, para composição de carga horária.

Observadas as habilitações/qualificações docentes especificadas acima, constituem-se componentes do processo seletivo:

1 – apresentação do currículo do candidato, avaliando-se as ações de formação realizadas, o histórico das experiências vivenciadas e as práticas educacionais bem sucedidas;

2 – entrevista individual realizada.

O processo seletivo observará os seguintes critérios:

1 – análise e avaliação do currículo do candidato e da entrevista realizada;

2 – nível de atendimento ao perfil exigido pelas características e especificidades dos componentes curriculares objetos da docência;

3 – vivência das metodologias de trabalho realizado voltadas à ação-reflexão-ação, à solidariedade, ao desenvolvimento da autoestima do educando e à troca de experiências;

4 – disponibilidade para o desenvolvimento de trabalho em equipe, de forma colaborativa e demonstre interesse em:

4.1 – participar de programas de formação continuada, inclusive via educação à distância, oferecida pela Secretaria da Educação e por entidades conveniadas;

4.2 – utilizar e criar novos métodos didático-pedagógicos, por meio da Tecnologia Digital de Comunicação e Informação – TDCI.

CLASSIFICAÇÃO

Os interessados serão classificados na ordem inversa do total de pontos obtidos através da soma: Avaliação do Currículo (0 – 50 pontos) + Entrevista (0 – 50 pontos). Os candidatos poderão atingir o máximo de 100 pontos.

ATRIBUIÇÃO

As atribuições das aulas dos componentes curriculares acontecerão na Unidade Escolar em cronograma a ser divulgado oportunamente, respeitando os dispositivos legais da Resolução SE 71/2018 e Portaria Conjunta CGRH/CGEB/EFAP de 07/12/2018, publicada em 08/12/2018

DISPOSIÇÕES FINAIS

1) O candidato que deixar de comprovar alguma das exigências do presente edital terá sua inscrição indeferida.

2) No decorrer do ano letivo, o docente que por qualquer motivo, deixar de corresponder às expectativas do desenvolvimento das atividades dos componentes curriculares da parte diversificada, cujas aulas lhe tenham sido atribuídas, perderá essas aulas, a qualquer tempo, por decisão da equipe gestora da unidade escolar, ouvido o Supervisor de Ensino da unidade e assegurado ao docente o direito de defesa.

3) Para o professor, ao qual se tenham atribuído aulas de componente curricular que comporte substituição docente, por qualquer período, são assegurados os mesmos benefícios e vantagens a que fazem jus os seus pares docentes que atuam nas escolas regulares de regime parcial, observadas as normas legais pertinentes, excetuada a possibilidade de afastamento das referidas aulas para exercer qualquer outro tipo de atividade ou prestação de serviços.

4) O ato de inscrição implicará na aceitação, por parte do candidato, de todas as disposições do presente edital.

5) Os casos omissos ao disposto no presente edital serão analisados pela equipe gestora da escola, assistida pelo supervisor de ensino.

6) Novas orientações publicadas pelos órgãos centrais da SEE poderão determinar alterações no presente edital.

Sessão de atribuição de classes e aulas no dia 02/11/2018

Informamos que no dia 02/11/2018 a sessão de atribuição de classes e aulas estará suspensa em decorrência do feriado nacional do dia de finados.

Convocação para sessão de atribuição de classes/aulas no dia 26/10/2018

DIRETORIA DE ENSINO – REGIÃO DE SÃO CARLOS

Informação

A Dirigente Regional de Ensino informa aos inscritos e classificados como Candidatos à Contratação que, na sessão de Atribuição de Classes e Aulas, do dia 26/10/2018, haverá a abertura contratos para PEB I (Classe) e para PEB II (Aulas), para atribuição do saldo de aulas, o qual está publicado no site da D.E.

Endereço: Diretoria, situada na Rua Conselheiro Joaquim Delfino, 180, Jardim Centenário – São Carlos – SP,

Horário: PEB I – às 8h30min.

PEB II – às 9h.

Convocação para atribuição de classes/aulas no dia 19 de outubro de 2018

DOE 17/10/2018          Pag. 63         Cad. I

DIRETORIA DE ENSINO  – REGIÃO DE SÃO CARLOS

Convocação

A Dirigente Regional de Ensino convoca os candidatos à contratação das disciplinas de: Educação Física, Inglês, História, Geografia e Sociologia para a sessão de atribuição de classes/aulas, que ocorrerá no dia 19 do mês de outubro de 2018, nesta Diretoria, situada na Rua Conselheiro Joaquim Delfino, 180, Jardim Centenário – São Carlos – SP,

às 09h para PEB II – Aulas

Convocação para atribuição de classes/aulas nos dias 19 e 26 de Outubro de 2018

DOE 17/10/2018          Pag. 62         Cad. I

DIRETORIA DE ENSINO – REGIÃO DE SÃO CARLOS

Convocação

A Dirigente Regional de Ensino convoca os docentes abaixo relacionados para a sessão de atribuição de classes/aulas, que ocorrerá nos dias: 19 e 26 do mês de outubro de 2018, nesta Diretoria, situada na Rua Conselheiro Joaquim Delfino, 180, Jardim Centenário – São Carlos – SP, às 08h30. para PEB I – Classes e 09h para PEB II – Aulas.

1- A convocação deixará de ter efeito quando o Docente atingir a Carga Horária mínima de trabalho, ou seja, 19 aulas;

2- A convocação também deixará de ter efeito quando não houver saldo de aulas disponível da(s) disciplina(s) da Habilitação/Qualificação do Docente;

3- Os docentes não convocados nessa relação que tiverem redução de carga horária mínima de trabalho (menos de 19 aulas), deverão, obrigatoriamente, participar das Sessões de Atribuição de Classes e Aulas e serão acrescentados na lista  de presença.

4- Os docentes com aulas atribuídas deverão trazer, obrigatoriamente, para a sessão de atribuição, o Horário de trabalho atualizado, que deverá ser solicitado com antecedência na Unidade Escolar, sede de frequência do docente.

Docentes Categoria F

Nome R.G.

Eva Eliana Aparecida Zavan 18.488.705

Gelza Rodrigues Pastori 26.503.275

Katiuscia da Silva 32.390.073-2

Kelly Cristina Garbuio 25.521.923

Marcos Eduardo Arroyos 35.137.365-2

 

Docentes Categoria O

Nome R.G.

Albert Vieira 19.683.847

Ana Carolina de Souza Barbosa 47.573.605

Ana Carolina Pilla Capellato 44.683.781-7

Anderson Maciel Morais Rocha 48.779.066

Ariovaldo Catani Júnior 42.187.042-4

Carlos Eduardo Guimarães 18.563.062

Eli Cristiane de Oliveira 23.510.211

Fabio Cunha 30.581.825

Giuliana da Silva Oliveira 45.728.698

Glaucio Luiz Vaz 27.197.235

Ivo Adriano Buchino 32.994.829

Jeferson Cruz Forte 13.373.110

Julio Cesar Acosta Kobarg 17.811.399

Lauro Roberto Lacerda Rangel 7.636.190

Luana de Souza Pires 40.969.780

Patricia da Silva 41.767.771-6

Raquel R. Lautenschlager Papesso 20.216.378

Renan Zólio 44.626.571-8

Sebastião Lopes Diniz 26.639.869-8

Silmara S.G. da Rocha Gibin 33.911.225-6

Silvia Martins da Silva 43.465.563-X

Talita Maria de Souza 44.683.781-7

Tamiris Bruno Dente Gürtler 40.623.831-5

Viviane Lecheche Yamada 44.631.65

 

 

 

 

 

 

 

Classificação Inicial do Cadastramento Emergencial PEB II – Educação Especial – Setembro de 2018

DIRETORIA DE ENSINO – REGIÃO DE SÃO CARLOS
Comunicado
A Dirigente Regional de Ensino torna pública a Classificação Inicial do Cadastramento Emergencial PEB II – Educação Especial – Setembro de 2018
Docentes Habilitados – Faixa I – Licenciatura em Educação Especial
CLASSIF PONTOS NOME ÁREAS
1 0,000 Ana Carolina Gurian Manzini Todas as deficiências
Docentes Qualificados – Faixa X – Licenciatura Qualquer Plena, com certificado de Curso de Especialização na área da necessidade, com carga horária mínima de 360 hs.
CLASSIF PONTOS NOME ÁREAS
1 0,000 Damaris Jesus Zanete Bonadio Deficiência T.E.A
Docentes Qualificados – Faixa XII – Licenciatura Qualquer Plena, com certificado expedido pela CENP.
CLASSIF PONTOS NOME ÁREAS
1 0,000 Lucineya Volpato Deficiência T.E.A
Docentes Qualificados – Faixa XVII – Alunos do último ano de Licenciatura Plena
CLASSIF PONTOS NOME ÁREAS
1 0,000 Raphael Manzini Todas as deficiências
2 0,000 Joice Ribeiro Pessoa Todas as deficiências
3 0,000 Jessica Harume Dias Muto Todas as deficiências
4 0,000 Bruna Bianchi Todas as deficiências
As demais inscrições foram indeferidas por não atender Legislação Vigente

Processo seletivo de atribuição de classes e aulas, publicado em Diário Oficial, de 19 de setembro de 2018

Senhores (as) Candidatos (as) à contratação,

Conforme edital de convocação para inscrição processo seletivo de atribuição de classes e aulas, publicado em Diário Oficial, de 19 de setembro de 2018, reforçamos a necessidade de comprovação do exercício docente (declaração ou atestado devidamente carimbados e assinados pelo órgão expedidor) correspondente ao Ensino Fundamental I (1º ao 5º ano), Ensino Fundamental II (6º ao 9º ano) e Ensino Médio, ou seja, comprovante de experiência profissional/docente no campo de atuação requerido na inscrição de processo seletivo para Atribuição de Classes e Aulas/ 2019. – Edital inscrição para processo.

COMISSÃO DE ATRIBUIÇÃO DE AULAS

Atribuição de Classes e Aulas no dia 05/10/2018

Informamos que em função do Conselho de Escola que ocorrerá no dia 05 de outubro de 2018, sexta-feira, esta semana não haverá atribuição de classes e aulas nesta Diretoria de Ensino.